Fundado pelo jornalista Tico de Oliveira em 12 de junho de 1987 - E-mail: jornalimpactoconquista@gmail.com

Cidadão Repórter

77 98839-2585
Vitória Da Conquista(BA), Terça-Feira, 30 de Novembro de 2021 - 18:43
31/10/2021 as 02:50 | Por Da Redação |
Agricultoras familiares comemoram chegada de novos investimentos para produção de polpas de frutas
Andreia Sales dos Santos, presidente da associação, ressalta que o trabalho vem sendo realizado de modo informal, por falta ainda de equipamentos
Fotografo: Ascom/SDR/CAR
Sem Legenda

As agricultoras familiares da Associação de Mulheres do Projeto de Assentamento Santa Irene, do município de Gongogi, localizado no Território de Identidade Médio Rio das Contas, comemoram a chegada de novos investimentos, que irão possibilitar a requalificação da unidade de beneficiamento voltada para a produção de polpas de frutas, além da aquisição de equipamentos.  
 
A ação, que beneficia diretamente 32 famílias e tem recursos da ordem de R$655,8 mil, é executada por meio do Bahia Produtiva, projeto do Governo do Estado. A partir da assinatura e entrega do convênio, nesta quinta-feira (28), a associação, que já recebe acompanhamento técnico, por meio do serviço de assistência técnica e extensão rural (Ater), poderá realizar o processo de licitação para iniciar as obras de requalificação da unidade de beneficiamento e de aquisição dos equipamentos e de um veículo utilitário.  
 
Andreia Sales dos Santos, presidente da associação, ressalta que o trabalho vem sendo realizado de modo informal, por falta ainda de equipamentos, mas com o projeto Bahia Produtiva vai ser possível se adequar à legislação vigente e registrar os produtos: “Com o Bahia Produtiva a gente já melhorou, com Ater, maquinários e registro. Para nós, pequenos agricultores, é tudo, pois não temos como investir nesse maquinário. Então, o apoio que o Governo do Estado dá, por meio desses projetos é muito bom. A gente passa a ter nossos sonhos e a concretizar esses sonhos. A nossa renda vai aumentar, e muito, podendo até dobrar. Vamos aproveitar nossas frutas e não vamos ter mais desperdício. Hoje, a gente só aproveita 30% da nossa capacidade. A expectativa é produzir e aproveitar até 80% das frutas”. 
 
Voufran Charles Pereira, que atua como agente comunitário rural (ACR), explica que trabalha na mobilização das famílias da associação para acessar políticas públicas como a dos programas de Alimentação Escolar (PNAE) e de Aquisição de Alimentos (PAA), atento às chamadas públicas que a associação possa concorrer, na entrega dos produtos e no acompanhamento das ações referentes ao projeto Bahia Produtiva, que está possibilitando a ampliação da produção e as condições adequadas para produção, com a agroindústria, a o armazenamento e comercialização das polpas: “O projeto é muito importante. Aí a gente vai poder disputar com qualquer empresa que vende polpas e, com o capital que vai chegar por meio das vendas de polpas, será possível investir também em outros produtos”. 
 
Bahia Produtiva 
O projeto é executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), com cofinanciamento do Banco Mundial. Por meio do Bahia Produtiva, o Governo do Estado vem investindo, desde 2015, em projetos de inclusão socioprodutiva, de apoio à gestão e acesso ao mercado, entre outras ações direcionadas ao segmento da agricultura familiar e aos povos e comunidades tradicionais da Bahia. Por meio do projeto são destinados recursos também para ações de abastecimento de água e saneamento, em comunidades rurais da Bahia. 
 
Fonte: Ascom SDR/CAR




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil