Fotografo: Reprodução
...
Divulgacao

Após uma funcionária da Assembleia Legislativa apresentar sintomas como febre e dificuldade para respirar, o presidente Nelson Leal anunciou, nesta tarde (14), mudança no calendário de votação apresentado pela Casa na tarde de ontem (14). 
 
 
Com a mudança, os projetos 23.874/2020, que destina recurso para o auxílio de R$500 a infectados com a Covid-19 que aceitarem fazer o isolamento social em instalações disponibilizadas pelo governo, e o 23.864/2020, que propõe aplicação de sansão a quem criar fake news relacionadas à pandemia, serão apreciados nesta tarde. 
 
 
Ao iniciar a sessão, o presidente apelou aos colegas que "levassem com rapidez a sessão" em virtude do dia atípico. Os trabalhadores que continuam nas depedências da Casa e tiveram contato com a possível infectada serão testados. Em casos semelhantes, há ainda a recomendação de higienização do ambiente. 
 
 
"Estamos apelando para fazer a sessão o mais rápido possível e tenhamos a possibilidade de votar ainda hoje. Iremos suspender os trabalhos na Casa e as pessoas serão testadas. A situação é extremamente delicada", disse Leal.