Fotografo: Reprodução
...
Sem Legenda

As festas de junho são o principal atrativo para quem busca se aquecer em um dos meses mais frios do ano. E foi assim que na noite deste domingo (23), cinco atrações musicais animaram o público no Arraiá da Conquista 2019. No palco principal, instalado no Centro Cultural Glauber Rocha, os cantores representaram o maior símbolo do São João: o forró.
 
O lendário cantor e compositor Genival Lacerda, autor das inconfundíveis: “Severina Xique- Xique”, “De quem é esse jegue”, entre outros sucessos, foi a grande atração da noite. Um dos representantes da “velha guarda” forrozeira, Lacerda veio à Vitória da Conquista pela primeira vez e aos 87 anos de idade demonstra pleno vigor frente ao palco. “Agradeço ao Prefeito e a prefeitura por ter estabelecido esse critério, de priorizar o verdadeiro forró e trazer o que há de mais bonito nessa festa que é a tradição”, enfatizou.
 
Com estilo irreverente, Lacerda apresentou seus grandes clássicos, com a presença de seu filho e também cantor, João Lacerda, que fez parte do show. O estilo do artista animou uma multidão de várias as idades, que cantou e dançou a maioria de suas músicas.
 
O comerciante Alberto de Jesus Lopes enfrentou o frio e a garoa para ver seu ídolo Genival Lacerda e se disse encantado com a programação do Arraiá. “Deixei de viajar quando vi a programação desse ano e estou muito satisfeito. Estive presente nos dias anteriores e com certeza virei amanhã em seu enceramento”, finalizou.
 
O cantor Bruno Brasil, natural da vizinha Itambé, também se apresentou no Arraiá da Conquista e fez o público dançar com um autêntico “arrasta pé”, trazendo influências de grandes forrozeiros como Gonzagão e Dominguinhos. “É uma grande honra participar do Arraiá e poder tocar nesse palco. A Prefeitura Municipal e a Secretaria de Cultura estão de parabéns”, destacou.
 
Com um repertório repleto de clássicos do forró considerado “raiz”, Vitor Mariá encantou a plateia e elogiou a organização da festa. “Parabenizamos a prefeitura e ressaltamos a importância de manter a tradição junina, do forró tradicional e legítimo”, comentou Vitor.
 
 
No intervalo entre os músicos, ocorreu a apresentação da quadrilha junina composta por jovens do Bairro Bruno Bacelar. A integrante Jéssica Santos Ferreira, explica que a participação da quadrilha é imprescindível para a festa de São João ficar completa. “É gratificante estar aqui hoje, fazendo parte de uma expressão cultural tão importante para a nossa região”, relata Jéssica.
 
A voz de Narjara Paiva embalou o público com o ritmo cadenciado do xote. Para a cantora, é uma grande responsabilidade ser uma das vozes femininas da região a representar essa tradição. “Vamos trazer ao público o que há de mais tradicional no forró, para celebrar essa bela festa em grande estilo”, afirma a cantora.
 
Finalizando a noite, o Forró Chegança com a cantora Marlua, abrilhantaram a festa com uma performance popular e erudita, resgatando as origens da dança, com o xote, o baião e o xaxado. “É um prazer, junto com Narjara Paiva, ser uma das vozes femininas a participar dessa festa. Já participo pelo segundo ano consecutivo e preparamos um show especial para esta noite”, destaca Marlua.