Fotografo: Jefferson Peixoto/Secom
...
Sem Legenda

A Nova Zelândia registrou hoje (13) mais 13 casos do novo coronavírus na cidade de Auckland — todos relacionados aos quatro outros registros da Covid-19, doença que voltou ao país após 102 dias sem transmissão local.
 
Tanto as pessoas diagnosticadas com o vírus quanto familiares e outras pessoas próximas ficarão em quarentena obrigatória, segundo determinou o diretor-geral de Saúde, Ashley Bloomfield.
 
Segundo o G1, na quarta, o país já havia determinado o confinamento dos asilos de idosos, e a primeira-ministra Jacinda Ardern não descartou adiar as eleições gerais previstas para setembro no país.
 
"Tenho consciência até que ponto será difícil para aqueles que têm entes queridos nestes estabelecimentos (os asilos), mas é a forma mais forte de protegê-los e cuidar deles", explicou Ardern.