Fundado pelo jornalista Tico de Oliveira em 12 de junho de 1987 - E-mail: jornalimpactoconquista@gmail.com

Cidadão Repórter

77 98839-2585
Vitória Da Conquista(BA), Segunda-Feira, 27 de Setembro de 2021 - 03:42
02/08/2021 as 20:11 | Por Metro1 | 342
Após discurso de presidente do STF, Bolsonaro volta a defender voto impresso
Ataques de Bolsonaro ao sistema eleitoral ocorrem também após divulgação de carta de ex-presidentes do TSE defendendo a urna eletrônica
Fotografo: Isac Nóbrega/PR
Sem Legenda

Mesmo após o duro recado do presidente do Supremo Tribubal Federal (STF), ministro Luiz Fux, de que a Corte está atenta às ameaças à democracia, o presidente Jair Bolsonaro voltou a associar as urnas eletrônicas ao risco de fraude nas eleições de 2022.
 
"Queremos a farsa no ano que vem? Uma eleição marcada por suspeição? E quem perder entra na Justiça. E quem vai julgar? Quem tirou o cara da cadeia, o tornou elegível e é que vai contar os votos depois. Não estou preocupado quem será eleito ano que vem, desde que a eleição seja limpa e democrática", disse Bolsonaro em referência a Lula e com novas críticas ao presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso.
 
Os repetidos ataques de Bolsonaro ao sistema eleitoral ocorreu também após divulgação de carta de ex-presidentes do TSE e de ministros do STF, que condenaram a campanha que o presidente tem feito a favor do voto impresso e afirmam que, a volta desse modelo é que pode representar um 'cenário de fraudes'.




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil