Fotografo: Divulgação
...
Sem Legenda

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), sancionou o projeto que institui o dia 4 novembro como “Dia Estadual de Combate à Tortura”. A proposta de autoria do deputado estadual Robinson Almeida (PT) tinha sido aprovada no último dia 6 de novembro pela Assembleia Legislativa. A data sugerida, que passa a integrar o calendário oficial de eventos do Estado, coincide com o dia de falecimento do ex-deputado, poeta, guerrilheiro e torcedor do Vitória Carlos Marighella, torturado e assassinado em uma emboscada, em São Paulo, pela ditadura militar em 1969.  “Como nos ensina o Hino ao 2 de Julho, com tiranos não combinam brasileiros corações.  A Bahia, mais uma vez, dá exemplo para o Brasil e refuta qualquer apologia a tortura”, celebrou o parlamentar, em critica ao governo Bolsonaro.