Fotografo: Semagro/MS
...
Confira as cotações do boi gordo

O mercado físico de boi gordo manteve preços firmes no fechamento da semana nas principais praças de produção e comercialização do país. “A sexta-feira foi como normalmente é, com pouca fluidez de negócios, com muitos frigoríficos ausentes da compra de gado, avaliando as melhores estratégias para a próxima semana”, diz o analista da Safras & Mercado Fernando Henrique Iglesias.
 
Segundo ele, a oferta de animais terminados permanece restrita em grande parte do país. Houve algum avanço na oferta de animais confinados, no entanto, o volume ainda é insuficiente para inverter a curva de preços. O resultado das exportações segue positivo, ainda com uma boa presença da China na compra de proteína animal.
 
Na capital de São Paulo, os preços seguiram a R$ 228/229 por arroba. Em Uberaba (MG), mantiveram-se em R$ 227 por arroba. Em Dourados (MS), continuaram em R$ 220 por arroba. Em Goiânia (GO), seguiram em R$ 220/221. Em Cuiabá (MT), ficaram em R$ 207 por arroba.
 
Atacado
No mercado atacadista, os preços da carne bovina ficaram estáveis. Conforme Iglesias, a tendência para a segunda quinzena do mês aponta para menor possibilidade de reajuste dos preços, avaliando a reposição mais lenta entre atacado e varejo. Já as exportações tendem a permanecer em bom nível no restante do mês.
 
Com isso, a ponta de agulha permaneceu em R$ 13 o quilo. O corte dianteiro seguiu em R$ 13,30 o quilo, e o corte traseiro continuou em R$ 15,60 o quilo.