Fundado pelo jornalista Tico de Oliveira em 12 de junho de 1987 - E-mail: jornalimpactoconquista@gmail.com

Cidadão Repórter

77 98839-2585
Vitória Da Conquista(BA), Quarta-Feira, 20 de Outubro de 2021 - 14:01
21/09/2021 as 01:46 | Por Da Redação/CMVC | 478
Câmara realiza audiência pública em homenagem ao centenário de Paulo Freire
A homenagem é fruto de iniciativa do mandato da vereadora Viviane Sampaio (PT) e acontece a partir das 19 horas.
Fotografo: Ascom/CMVC
Sem Legenda

Na noite desta terça-feira, 21, a Câmara Municipal de Vitória da Conquista (CMVC) realizará uma audiência pública em homenagem ao centenário de Paulo Freire, comemorado no dia 19 de setembro deste ano. A homenagem é fruto de iniciativa do mandato da vereadora Viviane Sampaio (PT) e acontece a partir das 19 horas.
 
A vida e obra de Paulo Freire foram marcadas por sua clara opção em favor dos oprimidos. Nascido em uma região pobre do país - Recife/Pernambuco, em 1921 - ele pôde, desde cedo, observar as dificuldades de sobrevivência das classes desfavorecidas. Talvez daí tenha vindo a sua indignação contra as injustiças e seu grande desejo: a transformação da sociedade que, segundo ele, devia ser menos autoritária, discriminatória e desigual. 
 
A sua prática na educação ou sua práxis educativa, como ele preferia chamar, foi sempre coerente com o seu sonho de democracia, desde os tempos de professor de escola até quando passou a criador de ideias e "métodos", os quais acompanhou serem reconhecidos e divulgados pelo mundo. 
 
Freire ficou conhecido como educador voltado para as questões do povo. Nesta trajetória, marcada por uma postura político-ideológica que vislumbra sempre a superação das relações de opressão, destacam-se a coragem e a luta – sua verdadeira ideia de felicidade.
 
Paulo Freire ganhou vários prêmios, em todo o mundo, como reconhecimento da relevância de seus trabalhos na área da educação. Em abril de 1997, lançou seu último livro "Pedagogia da Autonomia: Saberes necessários à prática educativa". Em maio do mesmo ano, vítima de um infarto do miocárdio, Paulo Freire acabou falecendo. Em 2012, por meio da Lei 12.612, de 13 de abril de 2012, de autoria da deputada federal Luíza Erundina, Paulo Freire foi declarado Patrono da Educação Brasileira.
 
O evento será aberto à comunidade e seguirá o protocolo de segurança contra a Covid-19, com redução de 50% do público, e contará com transmissão pela Rádio Web Câmara.
 




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil