Fotografo: Reprodução
...
Sem Legenda

O mercado de café ganhou fôlego nesta semana após recuperação expressiva dos contratos futuros na Bolsa de Nova York e a valorização do dólar frente ao real. Não demorou para que a alta internacional se refletisse nas cotações domésticas.
 
O analista de mercado Nelson Carvalhaes afirma que já era esperado que, nesta época do ano, a média de consumo mundial aumentasse. Para ele, isso pode melhorar a perspectiva do produtor para 2020.