Fotografo: Divulgação
...
Sem Legenda

A campanha +LIVROS, lançada pelo Catarse para aquecer o mercado editorial, entra na reta final de arrecadações. São mais sete dias, até 19 de agosto, para participar e ajudar escritores, editoras e livrarias independentes do país. Até agora, foram mais de R$ 466 mil arrecadados em doações de pessoas e empresas, com um total de 630 apoiadores.
 
O valor levantado pelo fundo permite contemplar 90 agentes do livro. Porém, quanto mais recursos arrecadar, mais profissionais e pequenas empresas serão beneficiados. A cada R$ 100 mil, o +LIVROS beneficia 20 pessoas e microempresas. As doações, a partir de R$ 15, podem ser feitas no site do +LIVROS, que também indica os benefícios para os apoiadores conforme a quantia doada.
 
Empresas parceiras, por exemplo, ganham a inserção da marca na página de campanha e em peças de divulgação. Já para os apoiadores individuais, há uma seleção de recompensas exclusivas que vão de cupons de descontos para livros impressos, ebooks, audiobooks a mentorias profissionais.
 
Beneficiários
O projeto teve 689 candidatos inscritos, que agora passarão por um processo de seleção por parte do corpo técnico. Profissionais de referência do mercado editorial, entre os quais Felipe Castilho, Alessandra Ruiz, Bruno Mendes e Ketty Valencio, serão responsáveis por essa etapa.
 
Os autores selecionados vão receber R$ 2 mil, enquanto as editoras e livrarias receberão R$ 5 mil cada, dinheiro que poderá ser investido em diferentes ações, inclusive para pagar contas. Além disso, os beneficiários ganharão serviços de parceiros da iniciativa como, por exemplo, espaço gratuito de divulgação no canal Vá Ler um Livro.
 
A lista preliminar dos contemplados deve ser divulgada até o dia 30 de agosto e, a lista final, até o fim de setembro, após a análise das documentações.