Fundado pelo jornalista Tico de Oliveira em 12 de junho de 1987 - E-mail: jornalimpactoconquista@gmail.com

Cidadão Repórter

77 98839-2585
Vitória Da Conquista(BA), Segunda-Feira, 27 de Setembro de 2021 - 04:10
09/09/2021 as 15:30 | Por Da Redação/CMVC | 417
Chico Estrella pede respeito à decisão nas urnas e critica polarização
O edil se mostrou saudosista ao simbolismo do 7 de Setembro sem brigas e sem lados opostos
Fotografo: Ascom/CMVC
Sem Legenda

Durante pronunciamento na Sessão Ordinária desta quarta-feira (08), o vereador Chico Estrella (PTC) destacou a necessidade de se respeitar a vontade das urnas e criticou a polarização que tem tomado conta da política e da sociedade em geral.
 
“Toda pessoa que encontro me é superior em alguma coisa. E nesse particular eu aprendo com ela. E hoje, aqui nesta Casa, vi, ouvi e presenciei a democracia plena. Vi discursos contundentes. Discursos em defesa do presidente Bolsonaro e discursos em defesa da esquerda”, completou.
 
O vereador salientou que durante todos os anos em que a esquerda esteve no poder também houve população em situação de fome. Segundo ele, foram 16 anos e após esse período, usando a democracia que faz direito ao povo, a população optou por não querer mais o mesmo ideal no poder. “Devemos a todo momento respeitar a posição nas urnas, seja ela qual for”, defendeu Chico, e também afirmou que é preciso esperar as próximas eleições para que as decisões sejam tomadas e, consequentemente, o país não passe por novas intervenções.
 
Estrella fez questão de lembrar que o político é a fiel representação do povo que o elege e se tem algo que é preciso mudar, que deve ser alterado nas urnas.
 
O edil se mostrou saudosista ao simbolismo do 7 de Setembro sem brigas e sem lados opostos. “Que saudade que eu tenho das paradas de 7 de Setembro em que não tínhamos pessoas de um lado, pessoas de outro, se digladiando, e sim uma marcha em comemoração à Independência do nosso Brasil”, disse.
 
Chico finalizou afirmando que a polaridade criada no país só prejudica a democracia e não engrandece em nada a nação. Ele ainda disse que é preciso entender a necessidade de um povo mais educado e consciente do voto para melhorar o país.
 

 




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil