Fotografo: Felipe Oliveira/EC Bahia
...
Sem Legenda

A saudade que a torcida do Bahia estava de ver o tricolor em campo vai ser saciada. Tudo bem que os tricolores vão ter que esperar um pouco mais que o habitual, já que a partida contra o Ceará, pela 27ª rodada do Brasileirão, será só na segunda-feira (21), às 19h30, no estádio de Pituaçu, mas o reencontro acontecerá após dois jogos da equipe longe de Salvador, contra Fluminense e Grêmio.
 
Coincidência ou não, o retorno do Bahia aos seus domínios casa com a volta de uma peça importante para a equipe. Depois de dois jogos fora, Nino Paraíba está recuperado e vai reforçar o Esquadrão contra os cearenses.
 
Nino não atuou nos dois jogos fora de casa por conta de um desconforto na panturrilha. No período, o lateral ficou em tratamento no Fazendão. Nesta  sexta-feira (18), Nino Paraíba foi para o campo e treinou junto com os reservas na reapresentação da equipe.
 
 
Foi o primeiro treino do Bahia após o triunfo sobre os gaúchos e apena os reservas estiveram no gramado. Roger Machado comandou um trabalho de troca de passes e finalizações. Enquanto isso, os titulares fizeram um treino regenerativo na academia.
 
Titular absoluto do Bahia, Nino Paraíba vive grande momento com a camisa tricolor. Uma das válvulas de escape da equipe, ele é o líder de assistências do Esquadrão no Brasileirão, com quatro passes para gol, seguido de Gilberto (3) e Artur (2). O lateral também balançou as redes duas vezes na Série A.
 
 
Fora de combate
Enquanto Nino Paraíba volta ao time tricolor, o lado esquerdo segue desfalcado. Que sofreu uma lesão na coxa, Moisés vai continuar fora da equipe. O jogador já está recuperado do problema e ontem iniciou os trabalhos com a preparação física. Giovanni vai ser o titular da posição.
 
Antes de encarar o Ceará, Roger Machado tem mais dois dias de treino. Hoje, o comandante tricolor vai começar a esboçar o time quer entrará em campo contra o alvinegro. A tendência é de que o time siga praticamente o mesmo que venceu o Grêmio, com: Douglas, Nino Paraíba, Lucas Fonseca, Juninho e Giovanni; Gregore, Flávio e Guerra; Élber, Artur e Gilberto. 
 
Com 41 pontos, o Bahia está na oitava colocação do Brasileirão, a um ponto do Internacional, sexto colocado e o primeiro dentro da zona de classificação para a Copa Libertadores. Já o Ceará tem 26 pontos e é o 16º colocado da Série A.