Fotografo: Reprodução
...
Divulgacao

 Cresce rejeição de Bolsonaro na condução da crise na saúde
 
A avaliação do presidente é pior nas regiões mais populosas, que apresentam grande número de infectados pelo novo coronavírus
Para metade da população brasileira, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) não tem conduzido bem a crise na saúde provocada pela pandemia do novo coronavírus. Segundo pesquisa Datafolha, divulgada nesta sexta-feira (29/05), 50% dos 2.069 consideram as medidas adotadas pelo mandatário como ruim ou péssimas. Esse número é 5 pontos percentuais maior do que o registrado no mês passado e 17 acima do levantado em março.