Fotografo: Divulgação
...
A maior escultura do Cristo Crucificado fica na Serra do Peri Peri em Vitoria da Conquista; Artista Mario Cravo

Preocupantemente o corona vírus avança no sudoeste da Bahia, hoje foram confirmados 1 caso em Conquista. 3 em Brumado com uma médica infectada, 3 em Itajuípe e 1 em Itororó e 3 em Itabuna

O Prefeito da Capital do estado, Salvador (com 2 óbitos) ACM Neto, disse hoje que deverá ampliar o decreto que se encerra sábado do fechamento do comercio, segundo Neto tudo indica que o decreto será ampliado. Já em Vitória da Conquista, antes mesmo do primeiro caso os comerciantes estavam revoltados com o fechamento do comercio apoiados pelo Vereador David Salomão ( PRTB) e se irritaram com ampliação do decreto por mais 7 dias, com a confirmação do primeiro caso, a responsabilidade do comitê do corona vírus  aumenta na cidade, que já vinha sendo criticada nos procedimentos da saúde pública no município com falta de remédios nos postos de saúde e falta de  profissionais de saúde no atendimento básico nos bairros. O vírus mortífero desafia aqueles que querem dinheiro a qualquer custo pensando na economia que se transformará letal sem pensar na gravidade do problema mundial. O Papa Francisco disse que é uma falta de humanidade colocar a economia em primeiro lugar deixando a saúde da população em risco da praga que a cada dia cresce nos índices de mortos no planeta.

Veja nota da prefeitura de Conquista sobre o vírus dos adversários da falta de respeito e ética com a vida humana, mesmo com o decreto de fechamento do comércio o Jornal Impacto recebeu denúncias hoje  que no Bairro Brasil está tudo aberto e a farra do corona está sendo   festejada, o primeiro caso na cidade considerada a Suíça baiana pelo clima frio e que  falta um ação da polícia e do governo municipal.

O jornalista Tico Oliveira criticou o prefeito Herzem pela flexibilização do decreto que abriu parte do comércio e os hotéis da cidade e o primeiro caso na cidade é de um visitante do Rio de Janeiro. Tico Oliveira diretor responsável do Jornal Impacto há 32 anos continua dizendo: “Dinheiro não a saúde e a vida é o que interessa neste momento de turbulência mundial" Cobra o jornalista Tico Oliveira.

O presidente Jair Messias Bolsonaro em pronunciamento agora a pouco em rede nacional de televisão, distorceu as declarações Tedros Adhanomdo, diretor mundial das organizações mundial da Saúde (OMS) e disse que tem que proteger os empregos dos trabalhadores informais. Na verdade, o diretor da OMS disse que os trabalhadores tem que ser amparados com medidas que restabeleçam as rendas dos informais com medidas governamentais financeiras para a sobrevivência dos pobres que vai todos os dias para rua para ganhar o pão de cada dia. O presidente Jair no pronunciamento, omite as declarações solidárias da direção da saúde mundial e quer colocar os informais fora da quarentena para não ter que usar o caixa da união para matar a fome dos trabalhadores que estão na quarentena e perdendo a sua fonte de renda no dia a dia sem apoio da sociedade e do governo federal.

O Papa Francisco resumiu políticos que coloca na frente a economia sem ser solidário aos trabalhadores e desempregados é forma de governar antiética. Na minha opinião o Papa contesta isso que estão querendo fazer no Brasil e no mundo com os pobres, no entanto o Ministério da Saúde do Brasil continua pedindo para ficar em casa e distanciamento social independente de classe.

“Sobre o primeiro caso positivo da corona vírus de Hoje. A nossa cidade não está tranquila e sim com dúvidas dos casos positivos na cidade sem testes confirmatórios. enquanto isso a presidência da República não sancionou ainda a ajuda humanitária votada no parlamento e disse hoje que só vai libera 600 reais a partir do dia 10 de abril, até lá a sociedade reparte o pão com os pobres trabalhadores famintos “ dinheiro de trabalho de infecção não  pediu Tico Oliveira

Veja nota da prefeitura de Vitória da Conquista abaixo

Conquista tem seu primeiro caso de Coronavírus: resultado foi liberado pelo Lacen por volta das 18h30
 
Após ter liberado, nesta terça-feira (31), o Boletim Epidemiológico diário, a Secretaria Municipal de Saúde recebeu, no início desta noite, novas informações do Laboratório Central (Lacen). Vitória da Conquista atesta seu primeiro caso para a Covid-19.
 
Trata-se de um homem, de 27 anos, que estava sob monitoramento.
 
O boletim com os novos dados vai ser liberado em instantes pela Secretaria de Saúde do Município.