Fotografo: Divulgação
...
Sem Legenda

O surto do novo coronavírus provocou o fechamento de mais de 2 mil cafeterias na China nos últimos meses, gerando apreensão na demanda pelo café brasileiro. Por outro lado, outros países da Ásia estão compensando esta perda.
 
Com a valorização do preço do café, os produtores estão mais animados em aumentar os investimentos. Os cooperados da Cooxupé, maior cooperativa de café do mundo,  já comercializaram 40% da próxima safra do grão, em um cenário que deixa os produtores animados, já que em 2019 o preço estava 25% menor do que é registrado agora, quando a saca é vendida por cerca de R$ 530.
 
Direto da Femagri, realizada em Guaxupé, o repórter Antônio Pétrin mostras as novidades que devem movimentar o setor nos próximos meses.