Fotografo: Divulgação/Santos FC
...
Sem Legenda

O ex-goleiro Edinho, filho de Pelé, recebeu da Justiça o direito de liberdade, nesta quarta-feira (25). Ele cumpre pena desde 2005 por lavagem de dinheiro e tráfico de drogas. Segundo o site Torcedores, ele chegou a ser condenado a 33 anos de prisão e teve a pena reduzida para a 12 anos em regime semiaberto.

A juíza Sueli Zeraik, da Vara de Execuções Criminais de Taubaté (SP), levou em conta um exame criminológico para considerar que o ex-atleta tem a capacidade de voltar a viver em sociedade. Além disso, a boa conduta na prisão também contou para a decisão. 

Em 2005, Edinho foi pego em uma escuta de conversa com Naldinho, filho do ex-jogador Pitico, que também atuou pelo Santos. Na época, Naldinho controlava o tráfico da Baixada Santista e tinha relações com as maiores facções criminosas de São Paulo.