Fundado pelo jornalista Tico de Oliveira em 12 de junho de 1987 - E-mail: jornalimpactoconquista@gmail.com

Cidadão Repórter

77 98839-2585
Vitória Da Conquista(BA), Sábado, 17 de Abril de 2021 - 01:57
27/03/2021 as 10:52 | Por BN | 257
Frente da AL-BA propõe medidas emergenciais para socorrer bares, restaurantes e hotéis
Frente da AL-BA propõe medidas emergenciais para socorrer bares, restaurantes e hotéis
Fotografo: Reprodução
Divulgacao

O presidente da Frente Parlamentar do Setor Produtivo na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), deputado estadual Eduardo Salles (PP), e o presidente executivo da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), Luiz Henrique Amaral, entregaram nesta sexta-feira (26) ao vice-governador e secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, João Leão (PP), um documento com reivindicações prioritárias do setor de bares e restaurantes, anexado aos dos segmentos da hotelaria e de eventos, ajustados por instituições representativas desses segmentos.
 
 
 
Os documentos foram elaborados a pedido do vice-governador, que solicitou uma pauta com itens prioritários dos setores após participar de reuniões anteriores com os deputados Eduardo Salles e Tiago Correia (PSDB), além de membros das entidades ligadas às áreas de bares e restaurantes, hotelaria, turismo e eventos. 
 
 
 
Os três documentos têm como item comum a suspensão do corte de fornecimento de água e energia elétrica das contas em débito e seu parcelamento; a criação de linhas de crédito específicas para capital de giro com taxas de juros subsidiados no Desenbahia, com pagamento em 60 meses com carência de 12 meses; REFIS e redução da alíquota de ICMS.
 
 
 
“Precisamos oferecer neste momento ajuda aos setores de bares e restaurantes, turismo e eventos que foram impactados diretamente pelas medidas restritivas, além de trabalhar por ações que garantam os milhares de empregos e sobrevivência desses negócios”, pontuou Eduardo Salles. 
 
 
 
João Leão, por videoconferência, explicou ao secretário estadual em exercício da Casa Civil, Carlos Mello, as prioridades apresentadas. Eduardo Salles entregou presencialmente as medidas na Casa Civil. O próximo passo, segundo a frente parlamentar, é pautar as solicitações com o governador Rui Costa (PT). 
 
 
 
"Saímos satisfeitos da reunião e esperançosos para que o retorno positivo chegue até o início da próxima semana. Precisamos reverter a situação imediatamente para dar fôlego ao setor", disse Luiz Henrique do Amaral.
 
 
 
“Reconheço todas as dificuldades do governo estadual em função da pandemia. Sei que não tem sido fácil para o governador Rui Costa combater a pandemia e manter o equilíbrio fiscal. Mas não dá mais para esperar. Precisamos apresentar o mais rápido possível uma solução porque esses setores são responsáveis por milhares de empregos no estado”, concluiu Eduardo Salles.




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil