Fotografo: Roberto Viana/BNews
...
Sem Legenda

A presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, criticou a possibilidade da aprovação de uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) autorizando a prisão após condenação em segunda instância, desde que uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) levou à soltura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
 
Nesta quinta-feira (14), Gleisi afirmou que o PT vai lutar para desmobilizar a tentativa dos parlamentares.
 
“É muito preocupante, porque achamos que é uma reação daqueles que estão incomodados com a liberdade do Lula.Querem forçar para mudar a Constituição via Proposta de Emenda Constitucional. As duas estão pautadas para semana que vem, tanto no Senado, quanto na Câmara, e estamos tentando desmobilizar isso porque é muito casuístico para o Lula”, disse, ao ser questionada por um blog de Salvador, durante reunião da Executiva Nacional do PT, em Salvador.
 
“É uma PEC Lula. Não pode ser assim. O parlamento não pode se submeter a isso. Teve uma decisão do Supremo. Para que essa pressa? Se as PEC’s estão correndo lá, façam as coisas dentro do trâmite legislativo. Fica feio para o Congresso Nacional e para o Brasil. Vamos lutar para desmobilizar, não só pelo Lula, mas por uma questão de defender o princípio constitucional e por tê-lo com cláusula pétrea”, avaliou.