Fotografo: Divulgação
...
Sem Legenda

Caso não acabasse quase submersa, a Lamborghini Huracán atingida pelas chuvas em São Paulo teria um destino muito mais digno. Acontece que, segundo a Folha, o plano inicial era que o carrão fosse (ainda mais) turbinado e então leiloado para arrecadar verbas pra instituições que atendem crianças carentes.
 
O designer de carros superesportivos Fernando Santos disse que o veículo, que não tem seguro, foi comprado por um de seus clientes. A proposta era tunar a máquina, triplicando sua potência de 610 para 1500 cavalos - tornando-a a mais rápida do mundo.
 
Após o ganho mecânico, viria a reforma estética. O carrãoseria pintado por alguns artistas plásticos (Romero Britto e Eduardo Kobra eram cotados). Todo o processo de transformação seria filmado e transformado em uma série de televisão de nove episódios. O projeto foi intitulado "Mutant Supercars".
 
Após a transformação, a Lamborghini, que vale cerca de R$ 1,6 milhão, seria leiloada em dezembro. A expectativa era arrecadar a partir de US$ 5 milhões (mais de R$ 21 milhões), valor que inclui a venda em si e experiências com o carro, e destinar os recursos para instituições de caridade. 
 
Vilela conta que esperava “grandes celebridades da música e do futebol” na lista de potenciais compradores, citando nomes de peso como Cristiano Ronaldo, Brad Pitt, Katy Perry e Kim Kardashian. 
 
Lamborghini na feira Natpe Miami, antes da chuva
Carro durante exposição (foto: reprodução)