Fotografo: Reprodução
...
Divulgacao

Já chegou a 88 o número de mortos no Ceará durante motim de policiais militares no estado. Os dados consideram o período entre meia noite de quarta-feira (19) e meia noite de sexta-feira (21). A paralisação dos agentes de segurança do Ceará teve início na última terça-feira (18). Neste domingo (23), sexto dia de motim, pelo menos sete batalhões na Grande Fortaleza e no interior seguem fechados, segundo o G1 Ceará. 
 
 
 
Deste o início da mobilização, homens encapuzados que se identificaram como policiais invandiram quarteis, depredaram e esvaziaram pneus de viaturas policiais. A categoria reivindica aumento de salário e contestam a proposta oferecida pelo governador Camilo Santana. 
 
 
 
O governo do Ceará já afastou 167 policiais militares que participaram dos movimentos. O afastamento dos envolvidos no motim deve durar 120 dias e os agentes já serão retirados da folha de pagamento do governo a partir deste mês.