Fotografo: Marcos Corrêa/PR
...
Sem Legenda

O vice-líder do governo, Marco Feliciano (PSC), prometeu entrar na próxima terça-feira (16) com um pedido de impeachment de Hamilton Mourão (PRTB), de acordo com O Globo. O pedido de saída de um vice é algo inédito no Brasil.
 
Feliciano acusa Mourão de ter adotado um comportamento "indigno" e "indecoroso", ao aceitar participar de um evento nos EUA cujo convite dizia que o Brasil está atravessando "sucessivas crises" supostamente criadas pelo próprio governo Bolsonaro.
 
"Não aceito conspiração para derrubar meu presidente. Pedirei o impeachment de Mourão, a quem recuso chamar de general, já que ele foi eleito como cívil, por quebra de decoro e por ser um Judas no apostolado de Bolsonaro", diz Feliciano.