Fotografo: Agência Brasil
...
Sem Legenda

A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou ao Tribunal Regional Federal da Quarta Região (TRF-4), nesta quinta-feira (21), que solte todas as pessoas que foram presas em razão da condenação em segunda instância.
 
Segundo determinação da ministra, só poderá ser mantido preso quem tiver outra ordem de prisão preventiva por representar riscos.
 
O TRF-4 informou, nesta sexta-feira (22), que ainda que ainda não foi comunicado oficialmente da decisão.