Fotografo: Vereador Danillo Kiribamba
...
Sem Legenda

No último dia 9 de setembro, a Comissão de Legislação, Justiça e Redação final emitiu um parecer favorável ao projeto de lei, de autoria do vereador Edivaldo Ferreira (ACM), que tem o intuito de “batizar” a avenida do Aeroporto Glauber Rocha como Avenida ACM. A medida seria uma maneira de homenagear o político Antônio Carlos Magalhães.
 
Como já era de se esperar, a ideia de homenagear uma figura tão controversa gerou discordâncias na Câmara de Vereadores de Vitória da Conquista. As justificativas de que não existe nenhum equipamento público na cidade com o nome de ACM e de que o político falecido em 2007 foi muito importante para Conquista não convenceram.
 
Na tarde de ontem (13), o Blog do Sena entrevistou o vereador Danillo Kiribamba (PCdoB). Danillo afirmou com veemência que discorda da homenagem. Em contrapartida ao que afirmou o autor do projeto de lei, Kiribamba disse que não cabe homenagear alguém prejudicou a Bahia e Vitória da Conquista.
 
“Eu tive o prazer de manifestar contrário a esse projeto. Não cabe homenagear uma pessoa que fez tanto mal a Vitória da Conquista: tirou empresas que viriam para cá. Eu não aceitaria e me manifestarei contra”, declarou o vereador.
 
O vereador afirmou ainda que Vitória da Conquista deve procurar homenagear pessoas que contribuíram para o desenvolvimento direto da cidade.