Fundado pelo jornalista Tico de Oliveira em 12 de junho de 1987 - E-mail: jornalimpactoconquista@gmail.com

Cidadão Repórter

77 98839-2585
Vitória Da Conquista(BA), Quinta-Feira, 29 de Outubro de 2020 - 13:30
21/09/2020 as 02:42 | Por Canal Rural | 501
Nova ferramenta promete tornar suinocultura ainda mais sustentável
A ferramenta vai dar mais celeridade ao licenciamento de granjas de suínos
Fotografo: Ministério da Agricultura
Sem Legenda

O maior produtor nacional de carne suína, Santa Catarina, vai receber o Software de Gestão Ambiental da Suinocultura (SGA). A parceria entre a Embrapa Suínos e Aves com o Instituto do Meio Ambiente do Estado de Santa Catarina (IMA) e do Sindicarne, criou a ferramenta para dar mais celeridade ao licenciamento de granjas de suínos no estado, contribuindo com cerca de 13 mil produtores. 

Os projetos, antes feitos manualmente, agora podem ser feitos no software que traz funcionalidades que permitem ao usuário determinar automaticamente padrões de consumo de água e produção de dejetos nas granjas de suínos, assim como a oferta de nutrientes contidos nos dejetos em função da categoria de animais alojados, sistema de manejo e o tratamento adequado de dejetos.
 
“O desenvolvimento de um software como ferramenta de análise que considere as particularidades das legislações ambientais e características das unidades de produção de suínos de cada estado do país pode trazer benefícios a toda cadeia produtiva e aos órgãos ambientais fiscalizadores”, afirma o presidente do IMA, Valdez Rodrigues Venâncio.
 
O SGAG além de  auxiliar o usuário na gestão de áreas agrícolas das propriedades rurais, determinando a demanda de nutrientes, também vai facilitar a análise dos parâmetros do monitoramento de solos, indicando se poderá receber mais dejeto tratado ou não.
 
“O SGAS dimensiona estruturas de armazenamento de dejetos, biodigestores e unidades de compostagem com base em critérios técnicos e padrões estabelecidos pelas normativas ambientais. Por meio deste sistema, os projetos realizados pelos consultores ambientais serão padronizados e os resultados terão com maior confiabilidade”, explica a gerente de Licenciamento Ambiental Rural do IMA, Gabriela Casarin Ribeiro.




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil