Fotografo: Reprodução
...
Sem Legenda

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), disse, nesta segunda-feira (15), que as conversas serão mantidas com os professores das quatro universidades estaduais que estão em greve há uma semana, mas não pretende anunciar mais nenhuma medida para encerrar o protesto.
 
Segundo o petista, ele já ofereceu aos docentes a promoção na carreira, e investimento de R$ 36 milhões nas instituições. "O que eu tinha para anunciar já anunciei, que é flexibilização do número de vagas de cada carreira, permitindo assim a liberação de promoções. E investimento de R$ 36 milhões.  Isso é o que podemos fazer. Não vou, para nenhuma categoria, anunciar e fazer coisas que eu não tenha segurança de que posso pagar", declarou Rui Costa, durante a viagem 500 do governador Rui Costa, em Morro do Chapéu, na região da Chapada Diamantina.
 
O governador afirmou, ainda, que não pede ao governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) a antecipação de receitas, mas sim o pagamento de débitos. Segundo ele, a União deve R$ 2 bilhões só de recursos que estão no INSS, mas pertence ao governo do estado.