Fotografo: Alessandro Bianchi/Reuters
...
Papa Francisco durante cúpula antipedofilia no Vaticano

O papa Francisco convocou nesta segunda-feira (25) o Sínodo dos Bispos para a Região Pan-Amazônica, que acontecerá entre os dias 6 e 27 de outubro de 2019, para discutir temas ligados à Amazônia.   
 
O evento já havia sido anunciado em outubro do ano passado, durante a cerimônia de canonização de 30 mártires brasileiros, mas a convocação oficial saiu apenas nesta segunda.   
 
“A Secretaria-Geral do Sínodo dos Bispos comunica que o Santo Padre Francisco convocou a Assembleia Especial do Sínodo dos Bispos para a Região Pan-Amazônica, para refletir sobre o tema ‘Amazônia: novos caminhos para a Igreja e para uma ecologia integral'”, diz um comunicado do Vaticano.   
 
O Sínodo discutirá novos caminhos para a evangelização na floresta, a tutela de povos indígenas e formas de proteção do meio ambiente. Recentemente, o ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno, reconheceu que o governo Bolsonaro está “preocupado” com o evento, afirmando que parte dos temas na pauta “afeta a soberania nacional”.   
 
A sustentabilidade ambiental é uma das bandeiras do pontificado de Francisco e tema de sua primeira encíclica, a “Louvado seja”, que prega a criação de um novo modelo de desenvolvimento e a preservação dos recursos naturais.