Fotografo: REPRODUÇÃO/TWITTER
...
Sem Legenda

O Papa Francisco ficou preso em um elevador, na manhã deste domingo (1º), no Vaticano. De acordo com agências internacionais, o pontífice teve que ser resgatado pelos bombeiros. 
 
Devido ao incidente, o papa se atrasou em cerca de 10 minutos para o pronunciamento que faz, semanalmente, na Praça de São Pedro. 
 
"Tenho que pedir desculpas por chegar tarde. Fiquei preso em um elevador durante 25 minutos por um corte de energia, mas depois os bombeiros chegaram", explicou, ao chegar para o sermão. Segundo Francisco, a situação foi causada por um problema de energia elétrica no Vaticano. 
 
Em seu pronunciamento, o papa pediu que a multidão aplaudisse os bombeiros. Francisco ainda voltou a falar das queimadas na Amazônia. Para o papa, a floresta está "seriamente ameaçada". 
 
Mudanças climáticas
 
Francisco também pediu, nesse domingo, que os  governos dos países mostrem "vontade política" para adotar medidas drásticas para lidar com as mudanças climáticas. Ainda segundo ele, é o momento de se abandonar a dependência de combustíveis fósseis.