Fotografo: Sem Dados
...
Divulgacao

Policia: Hiago era homem de " bem" morreu queimado envolvido com mulher de bandido do tráfico.
 
Hiago foi julgado no ódio do trafico e morreu queimado...
 
Em uma entrevista coletiva concedida a imprensa na tarde de hoje (quinta-feira) a Polícia Civil revelou uma reviravolta no caso do assassinato do motorista de aplicativo e universitário, Hiago Evangelista. Segundo a polícia, um dos acusados quis confundir o trabalho da polícia e não teve nada a ver com tráfico o assassinato do jovem. Segundo a polícia, a vítima teria tentado um relacionamento com a companheira de um homem que está preso. O homem ordenou a morte do jovem Hiago, ou seja, um crime de mando.
O os comentários deram conta de que o universitário 
Estava fazendo avião na instituição  de ensino universitário  e que a mulher do traficante estava associada ao motorista de uber  nas negociações, o crime segundo as denuncias foi de ódio de facções com Passionalidade .
Um comentário de uma estudante .da universidade de odontologia:
"Homem de bem já mais se envolveria com mulheres de bandido de facções do Trafico" Declarou...
Agora fica para a justiça da a resposta da verdadeira versão da morte do motorista de Uber morto no microondas das facções do trafoco de drogas e prostituição de Vitória da Conquista