Fotografo: Reprodução
...
Sem Legenda

A Prefeitura de Vitória da Conquista, por meio da coordenação de Renda e Cidadania e gestão do Bolsa Família, tem ampliado nos últimos meses o atendimento do Cadastro Único (CadÚnico) com a descentralização da oferta do atendimento na prefeitura da Zona Oeste, subprefeitura de José Gonçalves e nos Centros de Referência de Assistência Social (Cras).
 
Segundo a coordenadora de Renda e Cidadania e gestora do Bolsa Família, Vida Amaral, com essa ampliação do atendimento, o município alcançou um índice de gestão do Bolsa Família (IGD-M) ainda maior, “com este trabalho de descentralização, nós já alcançamos um bom índice de gestão do Bolsa Família que está em 0,91, sendo o máximo 1,0”.
 
A coordenadora reforça ainda que este número prova que o município está no caminho certo. “Este índice informado pelo Ministério da Cidadania atesta que Vitória da Conquista está fazendo um bom trabalho e com essa descentralização do atendimento estamos intensificando a busca ativa das pessoas que estão dentro do perfil e não estão cadastradas e melhorando nossa atualização”, destacou.
 
Desde 2017, a prefeitura realiza o programa Bolsa Família Móvel que tem por objetivo permitir o acesso das pessoas que moram distantes da sede do município ao CadÚnico. Com atendimento itinerante, o Governo Municipal tem ofertado atualização cadastral, inscrição de novos cadastros, balcão de dúvidas em toda zona rural e também nos bairros mais distantes da sede.
 
O atendimento do Bolsa Família acontece na Secretaria de Desenvolvimento Social de segunda a sexta-feira das 7h às 19h, na prefeitura da zona oeste de segunda a sexta-feira das 7h às 18h, na subprefeitura de José Gonçalves, das 8h às 17h. Já os interessados no atendimento no Cras, devem procurar a unidade de referência do seu bairro e se informarem do dia e horário.