Fundado pelo jornalista Tico de Oliveira em 12 de junho de 1987 - E-mail: jornalimpactoconquista@gmail.com

Cidadão Repórter

77 98839-2585
Vitória Da Conquista(BA), Sexta-Feira, 21 de Janeiro de 2022 - 16:58
29/11/2021 as 16:11 | Por Lance! |
Renato Gaúcho não é mais o técnico do Flamengo
Clube anunciou a saída do treinador nesta segunda-feira
Fotografo: Staff Images/Conmebol
Renato Gaúcho não é mais o técnico do Flamengo

Renato Gaúcho não é mais o técnico do Flamengo. Portaluppi não resistiu ao vice-campeonato da Copa Libertadores, para o Palmeiras no último sábado, e o clube oficializou a decisão da diretoria, que anunciou o desligamento do profissional nesta segunda-feira, após reunião no CT do Ninho do Urubu.,

A decisão de interromper o trabalho de Renato já estava tomada desde o revés no Estádio Centenário, em Montevidéu, onde o técnico já falou em tom de despedida aos jogadores após a derrota por 2 a 1. O técnico foi contratado pelo Flamengo em julho e seu vínculo era válido até o dia 31 de dezembro de 2021.

Vale lembrar que, quando Renato chegou à Gávea, o Flamengo disputava três competições: Copa do Brasil, Libertadores e Campeonato Brasileiro. Na primeira, o time foi eliminado após uma derrota por 3 a 0 para o Athletico em pleno Maracanã. Na segunda, a equipe amargou o vice, no sábado, com um desempenho aquém do esperado. Na terceira, as chances de título são apenas matemáticas.

Depois de ser anunciado como novo treinador do Fla, Renato teve aceitação da torcida, como mostrou o resultado de uma enquete feita pelo L!. E o começo da trajetória não poderia ter sido melhor. O Rubro-Negro venceu os seis primeiros jogos com o treinador com uma marca de gols feitos e sofridos impressionante: foram 24 marcados e apenas três contra.
 
No entanto, começaram a surgir críticas e questionamentos de que Renato estaria priorizando as Copas ao invés do Campeonato Brasileiro - tal predileção, inclusive, já era conhecida desde a época em que ele treinava o Grêmio.
 
A situação começou a piorar a partir da segunda metade de outubro, quando Renato começou a receber críticas mais incisivas, especialmente pela parte tática. A situação aflorou quando os adversários, diante do Rubro-Negro, começaram recuar as linhas de defesa e explorar os contra-ataques - nesse cenário o Flamengo apresentou muita dificuldade para vencer.
 
Um momento marcante do declínio foi a queda do time da Copa do Brasil após derrota por 3 a 0 contra o Athletico-PR, no Maracanã. Com o vexame, o técnico chegou a colocar o cargo à disposição, mas foi demovido da ideia pelo VP de futebol, Marcos Braz, e o diretor de futebol, Bruno Spindel. A eliminação somada ao futebol ruim escancararam, à época, uma crise interna e sustentaram ainda mais as críticas a Renato.
 
Portaluppi deixou o Flamengo com 37 jogos à frente do clube. No total, foram 24 vitórias, oito empates, cinco derrotas e nenhum título sequer. Agora, o clube da Gávea volta ao mercado em busca de um novo comandante para a temporada 2022.




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil