Fotografo: Vagner Souza
...
Sem Legenda

O governador da Bahia, Rui Costa, disse nesta quarta-feira (14) que o presidente Jair Bolsonaro pode receber nas próximas eleições presidenciais a mesma resposta que o presidente Maurício Macri obteve nas eleições primárias do último domingo (11) na Argentina. Nelas, Macri foi derrotado por Alberto Férnandez, tem como vice a ex-presidente do país Cristina Kirchner. 
 
Segundo Rui, o resultado das eleições argentinas mostra que o modelo de governo aplicado por Macri, segundo ele o mesmo do presidente Jair Bolsonaro, “não está dando certo”. 
 
“Se tem algo a gente olhar pro vizinho, é isso, que o que está sendo feito aqui é o mesmo que está sendo feito lá. Lá, o povo está dando a resposta que já deu, não quer mais sofrer e está tentando outra alternativa. Talvez no futuro o povo brasileiro diga a mesma coisa”, avaliou, em entrevista à imprensa durante a abertura oficial do I Fórum Internacional do Meio Ambiente e Economia Azul, em Salvador. 
 
Questionado se o resultado na Argentina, onde Kirchner abriu mão de sair na cabeça de chapa para emplacar um candidato de centro-esquerda, diminuindo a rejeição ao nome dela, poderia deixar lições para o PT em 2022, Rui disse que “não se copia e cola situações para cada país”. 
 
“A única referência que você pode tirar da situação da Argentina é menos partidária e mais de análise de modelo econômico. É claro que esse modelo não deu certo na Argentina, não está dando certo para o Brasil, é isso que o povo argentino está dizendo, que aquele modelo está levando ao sofrimento do povo argentino”, disse.