Fotografo: Divulgação
...
Sem Legenda

O governador Rui Costa (PT) convocou a Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) em caráter extraordinário e a Casa pode voltar a ter sessões ordinárias durante o período de recesso a partir desta sexta-feira (10).
 
Os 63 deputados estaduais voltarão ao trabalho para votar seis projetos do Poder Executivo durante as férias parlamentares e por isso podem receber até R$ 50 mil de “ajuda de custo”. O valor corresponde a dois salários de deputados, um pago no início da convocação e outro no fim (saiba mais aqui).
No foco desse período, os deputados estaduais devem votar em regime de urgência uma modificação das regras relativas ao Regime Próprio de Previdência Social dos servidores públicos civis do Estado da Bahia e mudanças nos estatutos dos policiais militares e do estatuto dos professores.