Fotografo: Divulgação
...
Sem Legenda

Na sessão desta quarta-feira (19), o vereador David Salomão (PRTB) afirmou que a Bahia está aparelhada e sugeriu que o presidente Jair Bolsonaro deve decretar uma intervenção federal no estado. Para o edil, o exercício regular de direito não existe na Bahia. “Basta lembrar que a Assembleia Legislativa tá na mão do cara. Judiciário da mesma forma”, disse.
 
O parlamentar ainda comentou a morte do ex-policial carioca Adriano da Nóbrega, acusado de ser miliciano e participar do Escritório do Crime, consórcio de matadores. Adriano foi morto na Bahia, numa ação da Polícia Militar do estado. Salomão negou que Adriano seja miliciano. “Se o governo tá falando que é miliciano você tem que pensar no contrário”, defendeu. Para o edil, Adriano foi covardemente executado. “Perito, chefe do IML da Bahia, mentindo. Cometendo crime de falsa perícia”, falou. Ele cobrou uma averiguação rigorosa e punição aos responsáveis. 
 
Em sua fala, o edil defendeu, em vários momentos, uma intervenção nacional no estado. Ele ainda falou que a medida tem resguardo na Constituição Federal. Salomão ainda pôs em xeque o sistema de votação baseado em urnas.