Fundado pelo jornalista Tico de Oliveira em 12 de junho de 1987 - E-mail: jornalimpactoconquista@gmail.com

Cidadão Repórter

77 98839-2585
Vitória Da Conquista(BA), Sábado, 17 de Abril de 2021 - 02:43
24/02/2021 as 11:49 | Por Da Redação | 321
Secretaria de Saúde de Guanambi dobrará leitos clínicos para atender pacientes com Covid-19
Os leitos clínicos disponibilizados no Hospital Municipal dobrarão de quatro para oito leitos e o Pronto Atendimento (PA Covid)
Fotografo: Divulgação
Sem Legenda

Diante da perspectiva do cenário que poderia se apresentar, a Prefeitura de Guanambi, através da Secretaria de Saúde, começou no início deste mês, a ampliação de número de leitos clínicos para pacientes acometidos com a Covid-19 na cidade.
 
Segundo a secretária da pasta, Roberta Mota, em diálogo com o prefeito Nilo Coelho e apoio das demais secretarias, será finalizado até o final desta semana, a obra que aumenta a oferta do dobro de leitos para o tratamento de pacientes com Covid. “O prefeito Nilo Coelho autorizou a fazer o que fosse necessário para que possamos ampliar os leitos, para que ninguém fique sem atendimento”, frisou a secretária.
 
Devido a maior demanda no PA, será transferido um aparelho de Raio X para o local. Os leitos clínicos disponibilizados no Hospital Municipal dobrarão de quatro para oito leitos e o Pronto Atendimento (PA Covid), localizado na antiga Promater, será ampliado de 10 para 14 leitos - Saltando a oferta geral, de 10, para 22 leitos, nas duas unidades de saúde exclusivas para o tratamento de pacientes com Covid, mantidos pela gestão municipal.
 
Reforço dos cuidados
Para a secretária, “é preciso que a população reforce os cuidados e atenda ao toque de recolher do Governo do Estado e ao Decreto Municipal, pois a  Prefeitura e a Secretaria de Saúde estão fazendo o que é necessário”.
 
Cenário muito preocupante
Os dados de ocupação dos leitos das unidades de saúde nunca estiveram tão lotados. Os leitos de UTI de Vitória da Conquista, unidade de referência da nossa região atingiu 100% de ocupação, como também o Hospital Municipal de Guanambi com leitos de semi-intensiva, teve o seu ápice de ocupação. Os leitos de UTI de Salvador atingiram a marca de 82%, o que levou o Governo da Bahia a diminuir o horário do toque de recolher para 20 horas.




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil