Fotografo: Divulgação
...
Sem Legenda

A respeito do projeto que tramita na câmara, enviado pelo executivo municipal a respeito da guarda armada municipal, o vereador Rodrigo (PP) disse que seu pai se empenhou quando foi vereador e presidente da Câmara, o também ex-vice Prefeito Gilzete Moreira.

Rodrigo criticou o partido dos trabalhadores por não ter na época executado este projeto de Segurança Pública Municipal. disse que agora o prefeito Herzem arregaça as mangas  para cumprir a promessa de campanha e pede urgentes sessões extraordinárias, para que, se aprove  este projeto de sua autoria .Rodrigo afirma que os vereadores vão debater e limpar a imagem do legislativo a respeito da denúncia de roubo de verba no gabinete da presidência da Casa  do povo.

Segundo Rodrigo o vereador acusado, o Presidente Luciano Gomes (PR) terá que se defender em plenário, (eticamente) já que a denúncia constou em ata, declarou ainda, que o Vereador que detonou o presidente do tribunal de justiça e hoje no clivo da PF e

Apontou o dedo e fez a denúncia bombasca do show da corrupção do presidente da atual, legislatura de mau caráter, ladrão de verba de Gabinete. Ele, David Salomão (PRTB) terá que provar. E apesar do silêncio pela a maioria dos profissionais da imprensa e até mesmo dos edis a respeito dessa grave denúncia que desmoraliza a Câmara de Vereadores da terceira cidade da Bahia. A comissão de  ética presidida pela Vereadora Marcia Vivianne (PT) deve e tem compromisso público regimental de tomar providencias, a Comissão ė, de Ética, e disse que tanto o Ministério Público quanto a OAB, e a própria Polícia Federal que passou o pente fino em seu mandato eletivo são bem-vindos a casa do povo, para verificar a ata da sessão legislativa da casa do povo e esclarecer os fatos e a PF também. Tem essa grande missão com o povo Conquistense.

Rodrigo expôs que já fez muito em seu mandato, se justificou com relação ao seu afastamento do mandato por 30 dias com intervenção da Policia Federal, falou que foi vítima de armação e espera ser inocentado no processo de crime eleitoral, falou que este será seu primeiro e último mandato.

“Eu não fui picado pela mosca que pica muitos aqui, que querem continuar a ser picados pela mosquinha do poder.

Tem vereadores que já estão picadinhos há 3,4,5,6 mandatos no legislativo, denunciado conquistense.  Ouça troca de ideia impactante com o vereador Rodrigo e o jornalista Tico Oliveira.

Podcast. Áudio abaixo.