Fotografo: Reprodução
...
Vereador Valdemir Dias (PT)

Durante a Sessão Ordinária desta sexta-feira, 03, o vereador Valdemir Dias (PT) comentou sobre a visita que fez juntamente com a vereadora Viviane Sampaio (PT) à Procuradoria Geral do Estado em Salvador.
 
Segundo Valdemir, a visita foi para cobrar ao Ministério Público, agilidade nos processos em Vitória da Conquista, com inúmeras irregularidades praticadas pelo governo municipal e salientou que o MP, como guardião da lei, deve fiscalizar junto com o parlamento as ações do Executivo municipal.
 
O vereador disse que a prefeitura tem praticado nepotismo, falta de licitação em obras, falta de transporte coletivo para alunos e professores da Zona Rural e instaurou um caos no transporte público da cidade, recebendo da procuradora Edilene Lousada o comentário de que “Vitória da Conquista já foi uma referência e hoje vive num total caos”.
 
O parlamentar afirmou que o colega que o antecedeu na tribuna, Dênis do Gás (PSC), pediu paciência, mas isso a população já não tem mais com o que qualificou como inoperância do governo Herzem e citou como exemplo o contorno no cruzamento das avenidas Olívia Flores e Brasil que há 1 mês não foi solucionado.
 
Valdemir também afirmou que hoje o governo municipal colhe o benefício de todos os convênios deixados de 2014, 2015 e 2016 através do PAC – Plano de Aceleração do Crescimento – com mais de 100 milhões de recursos destinados a Vitória da Conquista, com uma pequena contrapartida do município.
 
Por fim, alertou que as eleições já estão próximas e que este é um momento de reflexão sobre qual projeto será destinado à cidade e disse que todos querem um governo que tenha competência para gerir Vitória da Conquista, sem caos no transporte, na saúde e na educação.