Fundado pelo jornalista Tico de Oliveira em 12 de junho de 1987 - E-mail: jornalimpactoconquista@gmail.com

Cidadão Repórter

77 98839-2585
Vitória Da Conquista(BA), Terça-Feira, 11 de Maio de 2021 - 03:40
14/04/2021 as 12:11 | Por BdoRedação | 740
Premier francês fala do uso de cloroquina para Covid-19 no Brasil e arranca risadas de deputados
O momento das risadas, transmitido pela emissora LCP nesta terça-feira, vem repercutindo nas redes sociais
Fotografo: Divulgação
Sem Legenda

O primeiro-ministro francês, Jean Castex, levou o Parlamento francês às gargalhadas nesta terça-feira ao mencionar a recomendação dada por Jair Bolsonaro em 2020 sobre uso de hidroxicloroquina para tratar a Covid-19, durante o discurso em que anunciou a suspensão de voos entre a França e o Brasil. O medicamento não é recomendado para tal por autoridades científicas e de saúde.
 
O presidente da República [do Brasil] em 2020 aconselhou a prescrição de hidroxicloroquina — disse Jean Castex, em meio a gargalhadas do Parlamento. — E gostaria de lembrar que o Brasil é o país que mais prescreveu [o medicamento].
 
O momento das risadas, transmitido pela emissora LCP nesta terça-feira, vem repercutindo nas redes sociais. No discurso, Castex mostrou-se preocupado com a disseminação da variante do coronavírus encontrada no Brasil, a P.1, na França. Ele respondeu aos críticos que já vinham cobrando do governo francês a suspensão dos voos.

 
— Um pouco de decoro, como sempre digo — acrescentou Castex, pedindo silêncio aos parlamentares. — É perfeitamente incorreto dizer que ficamos sem agir. No entanto, estamos vendo que a situação está piorando e por isso decidimos suspender todos os voos entre o Brasil e a França até novo aviso.
 
A decisão da França, publicada nesta quarta no Diário Oficial do país, estipula que a suspensão dos voos vai até 19 de abril. O governo ainda estuda soluções para repatriar seus cidadãos e residentes que estejam no Brasil. Fonte: O globo.com

 




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil