Fundado pelo jornalista Tico de Oliveira em 12 de junho de 1987 - E-mail: jornalimpactoconquista@gmail.com

Cidadão Repórter

77 98839-2585
Vitória Da Conquista(BA), Terça-Feira, 11 de Maio de 2021 - 03:56
09/04/2021 as 20:46 | Por Da Redação/CMVC | 407
Viviane Sampaio denuncia impedimento de fiscalização da Comissão de Saúde
A denúncia aconteceu durante o seu pronunciamento na Sessão Ordinária desta sexta-feira (09), realizada pelo Sistema de Deliberação Remota (SDR).
Fotografo: Divulgação
Sem Legenda

A vereadora Viviane Sampaio (PT) denunciou situação ocorrida durante visita da Comissão de Saúde da Câmara Municipal ao Laboratório Central (Lacen) de Vitória da Conquista. A denúncia aconteceu durante o seu pronunciamento na Sessão Ordinária desta sexta-feira (09), realizada pelo Sistema de Deliberação Remota (SDR).
 
Segundo Viviane Sampaio, a Comissão de Saúde da Casa visitou, na última quinta-feira (08), o Laboratório Central (Lacen), da Fundação de Saúde de Vitória da Conquista, com o objetivo de fiscalizar uma denúncia recebida sobre a falta de reagentes para a realização de exames de hormônios marcadores no laboratório. Também estiveram presentes membros do Conselho Municipal de Saúde.
 
De acordo com os relatos, a população não estaria recebendo as informações da não-realização de exames de forma transparente. Era dito que o sangue não havia sido suficiente ou até mesmo que a amostra teria sido perdida e que, por isso, os exames não puderam ser realizados.
 
A vereadora destacou que, pela primeira vez em quatro anos de atuação na Comissão de Saúde, houve dificuldade para visitar um setor durante visita de fiscalização de denúncia. Ela afirmou que não estava fazendo acusação, mas que durante conversa com o bioquímico responsável pelo local, os membros da Comissão foram abordados pela assessoria jurídica do local, a pedido do diretor-geral da Fundação de Saúde.
 
“Interrompeu o nosso processo de visita de forma extremamente deselegante, solicitando documentos e ofícios prévios para que a gente pudesse estar ali fazendo o nosso trabalho”, disse Sampaio.
 
Viviane, que é a presidente da Comissão de Saúde, ainda discorreu sobre o acontecido, tendo afirmado que foi um caso extremamente lamentável e um momento que não precisaria ter ocorrido. “Nós estávamos ali apurando a denúncia e até aquele momento estava tudo ocorrendo de forma tranquila e, pelo contrário, nós evidenciamos, pela fala do bioquímico, que a responsabilidade de enviar os materiais era do Lacen Bahia”, disse Sampaio.
 
A vereadora afirmou que a comissão pôde ver a geladeira com alguns reagentes, inclusive com muitos deles vencidos. Porém, o grupo foi impedido de visitar a geladeira de estoque, onde são armazenados as amostras de sangue coletadas, e o estoque do almoxarifado.
 
Ela finalizou expondo sua insatisfação: “Quero deixar meu registro de total insatisfação e de repúdio a essa atitude da Fundação de Saúde de Vitória da Conquista contra a Comissão de Saúde da Câmara e os membros do Conselho Municipal de Saúde”, completou Viviane Sampaio.
 
A Comissão de Saúde é composta pela vereadora Viviane Sampaio (PT), Ricardo Babão (PCdoB) e Dinho dos Campinhos (PP).




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil